LACTOBACILLUS SALIVARIUS

Lactobacillus salivarius ocorre naturalmente na cavidade oral, no intestino e na vagina. É um bacilo gram positivo facultativo com ação probiótica e homofermentativo (só produz um subproduto do metabolismo – ácido lático), e por isso usado para produzir ácido lático em alimentos fermentados. A suplementação com Lactobacillus salivarius é eficaz na regulação do trânsito intestinal, modificando a flora local, além de desempenhar papel no sistema imune.

Lactobacillus salivarius interfere na microflora intestinal, com isto é indicada para regulação do trânsito intestinal, melhora da resposta imunológica, além de possuir atividade antimicrobiana e benefícios periodontais.

Este microrganismo é responsável por produzir substâncias que impedem o crescimento desordenado e abundante de bactérias. O aumento do ácido lático produzido por esta bactéria, diminui o pH intestinal, dificultando a sobrevivência de microrganismos patogênicos. Também produz peróxido de hidrogênio, responsável pela inibição do crescimento de S.aureus e de certas bactérias anaeróbias, além de bacteriocinas, cuja ação antimicrobiana pode inativar ou matar outras espécies bacterianas. Essa cepa também inativa alguns vírus, produz anticorpos, reduz colesterol, entre outros. Estudos recentes mostraram que Lactobacillus salivarius é capaz de reduzir o crescimento de Helicobacter pylori por meio de mecanismos envolvendo a secreção de ácido lático. Outros estudos abordaram a relação da administração de L. salivarius e seus benefícios periodontais, e mostraram que sua capacidade em proporcionar um controle eficaz da microbiota oral e diminuir a inflamação na bolsa periodontal, sendo uma abordagem terapêutica eficaz para o tratamento de periodontite, e consequentemente o mau odor oral causado por essa doença.

 

 

Benefícios:

Ajuda no processo de digestão;

Aumenta a imunidade;

Inibe microrganismos indesejados;

Combate problemas de flatulência;

Reduz colesterol e melhora a absorção de nutrientes.

Tags desse assunto